O mundo da maquiagem é cheio de métodos e truques para alcançar um melhor resultado. Sobre essas técnicas, uma das maiores dúvidas que as mulheres têm é: usar o corretivo antes ou depois da base? A questão é importante, pois, afinal, a ordem dos produtos pode afetar o acabamento final da preparação de pele.

Pensando nisso, escrevemos este post para esclarecer essa dúvida de uma vez por todas, além de dar algumas dicas de como escolher o corretivo ideal.

Ficou interessada? Então, continue a leitura!

Afinal, o certo é aplicar corretivo antes ou depois da base?

Indo direto ao assunto e respondendo à questão, o certo é passar o corretivo depois da base. Mas, por que? Bom, quando aplicamos a base como o primeiro passo da nossa maquiagem, ela já vai cobrir boa parte das imperfeições. Assim, o corretivo será aplicado somente nas áreas que precisem de fato de mais correção.

Outro motivo que faz o corretivo vir depois é que, ao aplicarmos a base no rosto, usamos, normalmente, uma esponja, pincel ou os dedos para espalhar o produto. Nesse movimento de espalhar, o corretivo, se passado antes, pode simplesmente sair.

Como passamos o corretivo dando leves batidinhas — e não espalhando, como a base —, é mais interessante aplicá-lo por cima da base, depositando o produto.

Como escolher o corretivo ideal?

Agora já sabemos que o corretivo vem depois da base e sabemos também os motivos para isso. Porém, o que falta? Respondemos: é importante saber escolher o corretivo ideal para a sua pele e, além disso, para o que você está querendo corrigir.

Cores diferentes para propósitos diferentes

Antes de aplicar o corretivo, entenda o círculo cromático. Escolher o melhor corretivo para olheiras, por exemplo, vai depender da pigmentação delas. Se forem mais azuladas, corretivos de tons amarelos cobrirão bem a área; se forem mais amareladas, a melhor cor é a mais puxada para o laranja.

Para esconder manchas avermelhadas, como as de espinhas, o corretivo verde é essencial; já o lilás é maravilhoso para esconder sardas e aquelas manchinhas de sol, que acabam ficando mais escuras que o tom da pele.

Para arrematar, por cima de todas essas cores, invista em um corretivo que seja apenas um tom abaixo do seu tom natural de pele, para dar efeito iluminado ao rosto.

A consistência é peça-chave

Depois de saber a cor certa para cada tipo de correção, é hora de falar sobre a consistência do corretivo.

Se você for cobrir as olheiras (sempre elas!), considere usar corretivos cremosos ou líquidos. Essa textura é melhor porque essa região dos olhos já costuma ser mais seca e delicada; portanto, usar produtos hidratantes é a melhor opção.

Porém, é importante saber como é o seu tipo de pele. Caso ela seja mais oleosa, um corretivo sólido, daqueles em bastão, pode ser melhor. Esse tipo possui uma textura mais seca e pode apresentar maior duração que o líquido.

Para arrematar, use um corretivo em pó (com cor ou translúcido) para que a maquiagem dure por mais tempo.

Seja para esconder olheiras, espinhas ou manchas de sol, o importante é saber a natureza da sua pele, para ter certeza de comprar o corretivo certo e não fazer feio.

Agora que você já sabe se deve aplicar corretivo antes ou depois da base e como escolher o produto de forma inteligente, siga a ShopBela no Pinterest, Facebook, Instagram e Twitter. Assim, você fica sempre por dentro de mais dicas valiosas! 

corretivos